Ouve lá ó Mister – Estoril

Camarada Sérgio,

Por alturas do pré-primeira parte deste encontro, escrevi o seguinte:

Fuck’em. Fuck’em all! É o Estoril à segunda e o Tondela à sexta? Fuck’em! É o Sporting doze vezes seguidas? Fuck’em! É o Braga com as mangas pintadas para parecer ligeiramente diferente do dono? Fuck’em! É tudo contra nós e nós contra todos! Fuck’em! E fuck também para o gajo que parece que comprou pontos de exclamação num grossista e agora quer gastá-los de uma só vez! Fuck para mim também!

E hoje, setenta e nove mil fucks depois, está tudo na mesma. Continuamos na frente, com vontade de lá ficar e não há bancadas nem árbitros nem nada que nos faça frente. Ou melhor, há e eles bem tentam, mas cabe-te mostrar jogo após jogo que és melhor que os outros. E hoje, com condicionantes que fazem lembrar uma entrevista de emprego para um programador do Football Manager, só tens uma solução: entrar em campo tranquilo mas convicto que as pernas são para usar enquanto as temos e que 45 minutos são tempo suficiente para ganhar esta trampa. São dois golos, Sérgio. Só dois golos. E que a tua maior preocupação seja o estado da bancada.

Sou quem sabes,
Jorge

5 comentários

  1. (Adenda ao “Ouve lá ó Mister” de 15 de Janeiro p.p.)
    Prontos para mais meia batalha de corpo inteiro e alma Portista no António C. da Mota. Contamos com os nossos todos que puderem. Eu lá estarei!
    O jogo da mala poderá fazer estragos. Para cima deles que até os comemos a todos. Fuck’em all!
    Viva o FCPorto, contra tudo e contra todos. Seremos campeões, este será o 1º passo decisivo para tirar a tesão a lagartos e sacanas-sem-lei.
    Claro que sou o,
    Luís Oliveira

  2. Jorge
    Depois de os profissionais deste clube terem mostrado a falta de experiência junto com a ignorância e incompetência na maior humilhação sofrida em seu terreno,acho que hoje é exigido 3000% de empenho mais competência de suor,trabalho e eficácia.
    Para se redimirem,porque na última quarta os profissionais deveriam recercir monetariamente quem pagou para ir assistir ao vivo aquela ignorância futebolística.

  3. “E hoje, com condicionantes que fazem lembrar uma entrevista de emprego para um programador do Football Manager” epa, to geek for me…. nao percebi, explica la que fiquei curioso!

    1. os suplentes que não podem estar porque os titulares têm de estar em campo até 30 minutos antes da galinha passar por uma das bandeirolas de canto, mas tudo se o Kleber não rematar ao poste num intervalo de tempo limitado. ah, salvaguardando que o Brahimi pode fintar até 9.34 vezes se o fizer para a direita, 3.59 para a esquerda. e só pode jogar se estiver inscrito, se não for guarda-redes que prefere saltar para o lado em vez de evitar panenkas.

      coisas do género :)

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.