Baías e Baronis – FC Porto vs Limianos

Foto retirada do MaisFutebol

Tive pena de não ter tido hipótese de ir ao jogo. Em casa, a ver via SportTV, fiquei com a ideia que os rapazes se esforçaram, que lutaram o suficiente para vencer e convencer. Uma ou duas falhas compreensíveis não abanaram uma exibição segura e com garra suficiente para que o pessoal fique a pensar que há vida para lá dos habituais titulares. Vamos a notas:

(+) Walter Marcar três golos é sempre bom, mesmo numa eliminatória da Taça contra uma equipa da III Divisão. Ainda me parece um bocado para o rechonchudo, mas mostrou que está cá para as curvas. Como as que tem. Já disse que o puto é gordito? De qualquer forma gostei de o ver a marcar e achei curioso ter jogado sempre na zona do ponta-de-lança, eu que pensei que fosse um outro Hulk. Jogou bem e espero vê-lo a fazer o mesmo outra vez.

(+) Emídio Rafael Certinho, mas eficaz. É como disse aqui há uns tempos, o moçoilo faz-me lembrar o Nuno Valente. Não inventa, joga prático e simples. Nunca será um fora-de-série mas serve perfeitamente como alternativa mais discreta a Álvaro Pereira.

(+) Castro Não há nada a fazer, sou fã do rapaz. Joga como se não houvesse amanhã, cheio de empenho e garra, dá gosto vê-lo a correr e a esforçar-se para chegar primeiro a todas as bolas. Nos 35 minutos que esteve em campo foi dos melhores da equipa, e como a equipa não estava propriamente a jogar mal, diz muito da exibição do rapaz. Merecia um golito.

(+) James Rodriguez Vi pouco. Mas do que vi, ficaram-me dois ou três pormenores em passes a rasgar que vêm de um rapaz que parece saber jogar à bola. Precisa de mais músculo e mais força mas acho que podemos ter aqui um bom jogador para o futuro.

(+) 41 mil Quarenta e um mil espectadores num sábado à noite, num jogo da Taça para ver o Limianos, é obra. Foi daquelas noites em que o jogo, com carácter quase de amigável, acabou por levar muita gente ao Dragão como baptismo de bola. Muitos pais levaram os filhotes, muito povo de Ponte de Lima (bem-vindos, malta, espero que se tenham divertido!) e uma atmosfera simpática. O preço dos bilhetes ajudou e valeu a pena. Fosse sempre assim…

(-) Souza Lento, distraído, com pouca inteligência táctica para jogar a 6. Já tinha pensado a mesma coisa da última vez e repito: a escolher uma alternativa a Fernando naquela posição, é Castro, não Souza.

(-) Ruben Micael Continua a jogar num ritmo abaixo do que espero dele. Está a ser uma pequeníssima desilusão até agora e estou em crer que vai melhorar e que brevemente voltará a ser o Ruben do ano passado. Até lá…é só uma opção menos credível e percebe-se porque é que Belluschi é titular indiscutível.

(-) Sereno Fica-me marcado, como já tinha acontecido no passado, uma patada que dá a um rapaz limiano, à entrada da área, sem qualquer necessidade. Uma estupidez. Sereno perde pontos a cada passo que dá, nervoso e inquieto, e é o equivalente português de Stepanov quando joga a titular: nunca se sabe quando é que vai falhar clamorosamente e dar a bola ao avançado. Estou francamente desiludido.

Num jogo que não podia trazer dificuldades, tal era a diferença entre as duas equipas, o FC Porto safou-se bem. Villas-Boas ainda experimentou um pouco com 3 defesas, que não terá sido uma aposta perfeita porque mal começou a jogar nessa táctica…sofreu um golo. Nada de especial, desliguei a televisão com a confirmação que temos mais opções do que tínhamos no ano passado e que podemos rodar o plantel com alguma confiança.

Mamers? Gol? Pearl?

«A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, nos termos do artigo 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que alienou, em regime de associação económica, as seguintes partes dos direitos económicos de três atletas contratados no início da época:

- 37,5% dos direitos desportivos do jogador João Moutinho por 4.125.000€ à Mamers B.V.;
- 35% dos direitos desportivos do jogador James Rodriguez por 2.550.000€ à Gol Football Luxembourg;
- 25% dos direitos desportivos do jogador Walter por 2.125.000€ à Pearl Design Holding Ltd;»

O que me incomoda mais nisto é que tentei googlar “Mamers B.V.”, “Gol Football Luxembourg” e “Pearl Design Holding Ltd”…e tive tanta sorte como um fumadora em casa do Macário Correia.

Não gosto destes negócios. Garante-se um encaixe seguro e em vez de uma eventual venda que pode não vir a acontecer, entra logo dinheiro fresco. Mas não se sabe por onde andou.